Preview: Sun Bowl – #24 NC State vs. Arizona State

Browse By

Em um dos bowls mais tradicionais do futebol americano universitário, uma das sensações da temporada, North Carolina State, enfrenta um dos times que teve um dos anos mais estranhos possíveis, Arizona State.

📝 O que? Hyundai Sun Bowl – #24 North Carolina State Wolfpack (8-4) vs. Arizona State Sun Devils (7-5)
🕛 Quando? Sexta, 29 de dezembro, às 18h (horário brasileiro de verão)
🌎 Onde? Sun Bowl – El Paso, Texas
📺 Como assistir? Fique de olho no nosso Twitter

>> Clique aqui e confira nossa Central dos Bowls <<

📚 Histórico: Série empatada com uma vitória para cada
🆚 Último confronto: Arizona State 14, NC State 35 (1974)
🎰 Linha de Vegas: 6,5 – NC State

Junto com o Orange e o Sugar, o Sun ocupa o posto de segundo bowl mais antigo, atrás apenas do Rose. Desde 1935, a cidade de El Paso, no Texas, sedia a partida. Curiosamente, o primeiro Sun Bowl teve equipes de high school, passando a ter times de college football no segundo ano. Inicialmente, o bowl era realizado em estádios menores. Mas em 1963, o jogo passou para o recém-construído Sun Bowl, que é a sede até hoje. Os atuais tie-ins são da ACC e da Pac-12.

🛤 A estrada até Tucson

NC State começou o ano como um time que muitos apontavam como possível surpresa. E mesmo após a derrota contra South Carolina no primeiro jogo, o Wolfpack fez bonito na temporada, batendo dois então ranqueados – Florida State (em Tallahassee) e Louisville. As outras três derrotas vieram em jogos equilibrados contra dois times que terminaram o ano muito (Clemson e Notre Dame) e para Wake, que fez uma temporada acima de sua média.

Os Sun Devils começaram mal a temporada, perdendo três de seus cinco primeiros jogos, incluindo um revés contra San Diego State, do Group of Five. Só que a sexta partida foi justamente a mais impressionante: A defesa voltou a aparece depois de muito tempo e Arizona State bateu #5 Washington em casa (14-7). Depois disso, a equipe alternou entre altos e baixos, mas bateu a rival Arizona e terminou em segundo lugar na Divisão Sul da Pac-12. Só que isso não foi o suficiente para manter o emprego do técnico Todd Graham, que foi demitido em favor do ex-comentarista da ESPN Herm Edwards em uma mudança bem estranha. E para melhorar tudo, Graham ainda estará com a equipe neste jogo.

Bradley Chubb teve um 2017 sensacional liderando a defesa de NC State.

Quando NC State tiver a bola

Durante a temporada, o Wolfpack mostrou um ataque bem constante liderado pelo quarterback Ryan Finley, ex-Boise State, que passou para mais de 300 jardas em cinco jogos e lançou apenas seis interceptações. Mas o destaque de verdade da unidade fica para outros dois jogadores: o running back Nyheim Hines, que passou das 1000 jardas na temporada, e o offensive weapon Jaylen Samuels, que basicamente se alinha em qualquer lugar do ataque e é extremamente perigoso na red zone, somando 15 touchdowns correndo e recebendo.

LEIA TAMBÉM:  Preview: Birmingham Bowl - Texas Tech vs. South Florida

A grande força da defesa de Arizona State é o pass rush. Com 35 sacks na temporada, esta parte da unidade mascara tudo de ruim que ela faz em outras áreas. Os Sun Devils cedem impressionantes 6,3 jardas por jogada, ficando entre as 20 piores equipes do país na estatística.

Quando Arizona State tiver a bola

O ataque dos Sun Devils é bem mediano, não fazendo nada tão bem assim e nem nada mal de verdade. Normalmente, as principais jogadas passam pelas mãos do wide receiver N’Keal Harry, que foi um dos melhores da posição na Pac-12 e tem exatas 1000 jardas na temporada. Enquanto isso, o quarterback Manny Wilkins fez uma temporada sólida mostrando seu talento como dual threat e tendo que fugir muito das linhas defensivas adversárias porque sua linha ofensiva teve um ano horrível na proteção do passe.

O melhor setor deste jogo de forma disparada é a linha defensiva de NC State. Todo mundo já ouviu falar do sensacional defensive end Bradley Chubb, que é um monstro contra o passe e a corrida, enchendo bastante a lista de estatísticas. Mas os companheiros dele são muito bons também. Junto com Chubb, Kentavius Street e os defensive tackles BJ Hill e Justin Jones  formam uma das melhores DLs do país. O restante da defesa não é tão bom assim, mas é bem ajudado pela linha.

N’Keal Harris é a principal peça do ataque de Arizona State.

🔜 Draftáveis

Citada logo acima, a linha defensiva inteira de NC State deve ser escolhida no próximo draft. Bradley Chubb é uma escolha certa de Top 10 e que pode ter impacto desde cedo no nível profissional. Enquanto isso, BJ Hill, Justin Jones e Kentavius Street provavelmente terão seus nomes chamados nas rodadas mais intermediárias. Outro nome bem interessante é Jaylen Samuels, mas ainda não há certeza sobre a possível posição dele na liga. E Ryan Finley provavelmente deve ser cotado no processo em que muitos times olham bastante para quarterbacks.

Pelo lado dos Sun Devils, o destaque é o running back Kalen Ballage, que não fez um ano sensacional, mas continuou se mostrando uma opção viável dentro da red zone.

🔮 Previsão

Bassi Henrique João Vitor Kelvin Matheus Nick Vitor Weinny
               

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também