Preview: New Mexico Bowl – Colorado State vs. Marshall

Browse By

Colorado State e Marshall se encontram no New Mexico Bowl após passarem por duas temporadas bem parecidas: Começo bom com derrota para time(s) do Power Five, ótima fase no início do calendário de conferência e implosões contra bons times que acabaram com suas chances de algo melhor em 2017.

📝 O que? Gildan New Mexico Bowl – Colorado State Rams (7-5) vs. Marshall Thundering Herd (7-5)
🕛 Quando?
Sábado, 16 de dezembro, às 19h30 (horário brasileiro de verão)
🌎 Onde?
Dreamstyle Stadium – Albuquerque, Novo México
📺 Como assistir? WatchESPN

>> Clique aqui e confira nossa Central dos Bowls <<

📚 Histórico: Primeiro confronto na história
🆚 Último confronto:
Nunca aconteceu
🎰 Linha de Vegas: 5,5 – Colorado State

Criado apenas em 2006, o New Mexico Bowl é normalmente um dos jogos que abre a temporada de festividades. Desde 2010, o bowl tem tie-ins com a Mountain West e a Conference USA – conferências das equipes que estarão em Albuquerque neste ano –, mas já recebeu equipes da Pac-12 e independentes mesmo com essa definição. Curiosamente, o time da casa (New Mexico) já esteve presente em quatro das 11 vezes em que o jogo foi disputado, incluindo nos últimos dois anos.

🛤 A estrada até Albuquerque

Colorado State era um dos favoritos a ganhar a Mountain West no início da temporada, mas acabou tropeçando em três jogos seguidos – Air Force, Wyoming e uma derrota dolorosa para Boise State tomando uma virada incrível – e não conseguiu o objetivo inicial, ficando apenas no terceiro lugar na Divisão Mountain. As outras duas derrotas foram totalmente aceitáveis, contra Alabama e Colorado.

Marshall teve um bom início de temporada, chegando a ficar 6-1, com a única derrota vindo contra NC State. Mas aí tudo foi pelos ares quando o Thundering Herd perdeu quatro dos últimos cinco jogos, incluindo a derrota bizarra contra UTSA pelo placar de 9 a 7, e ficou sem chance de levar a C-USA, terminando em terceiro lugar na Divisão East, atrás de FAU e FIU.

Michael Gallup, wide receiver de Colorado State

Quando Colorado State tiver a bola

Aqui está o matchup mais importante do jogo. O ótimo ataque dos Rams é sexto mais eficiente do país, enquanto a defesa de Marshall está no Top 20 de eficiência defensiva, ambos de acordo com os números do S&P+, de Bill Connelly.

LEIA TAMBÉM:  Preview: Military Bowl – Navy vs. Virginia

Colorado State tem um ataque extremamente equilibrado, com média de 211 jardas terrestres e 289 aéreas por jogo. O quarterback Nick Stevens teve uma boa temporada, principalmente visando seu principal alvo, o wide receiver Michael Gallup, finalista do Biletnikoff, o prêmio dado ao melhor jogador da posição. Foram 94 recepções, 1345 jardas e sete touchdowns na conexão. Enquanto isso, o jogo corrido passa por três bons nomes, mas o principal deles é Dalyn Dawkins, que somou mais de 1,3 mil jardas na temporada.

Do outro lado, a defesa de Marshall tem uma defesa acima da média para o nível do Group of Five, principalmente por sua secundária, que só cedeu mais de 300 jardas aéreas para os dois melhores ataques que enfrentou, em Western Kentucky e NC State. E se os Rams tentarem atacar mais pelo chão, a tarefa será passar do ótimo linebacker Chase Hancock, que lidera a defesa em tackles, tackles para perdas de jardas e parada de corridas.

Quando Marshall tiver a bola

Se o outro matchup é bem interessante, este aqui não é nada legal. Usando o S&P+ novamente, Colorado State tem apenas a 97ª melhor defesa do país, enquanto Marshall tem o 26º pior ataque da nação. É um confronto devidamente horrendo.

A unidade ofensiva de Marshall é até razoável no jogo aéreo, com o quarterback Chase Litton distribuindo bem a bola entre os seus playmakers, principalmente o wide receiver Tyre Brady e o tight end Ryan Yurachek, que somam 16 dos 23 touchdowns aéreos da equipe. Só que o Thundering Herd é horrível quando o assunto é jogo terrestre, tendo problemas para correr com a bola em praticamente todas as situações de partida.

Do outro lado, não dá para falar muita coisa boa sobre a defesa dos Rams. Ela tem problemas para parar a corrida (o que não deve ser tão problemático neste confronto), cede muitas jogadas explosivas, deixa que o adversário converta muitas terceiras descidas… Ou seja, não dá para achar muitos pontos positivos. Mas talvez o time resolva jogar por ser a última partida do veterano coordenador defensivo Marty English. Só que não dá para garantir nada com uma defesa dessas.

Ryan Yurachek, tight end de Marshall.

🔜 Draftáveis

Pelo lado de Colorado State, o principal destaque para o draft é o wide receiver Michael Gallup, que está tranquilamente entre os dez melhores jogadores da posição mesmo em uma classe boa no setor. O outro jogador que pode ter seu nome chamado no próximo draft é o center Jake Bennett.

LEIA TAMBÉM:  Preview: Liberty Bowl – Iowa State vs. #20 Memphis

Por Marshall, o único que tem alguma chance razoável de ser selecionado é o tight end Ryan Yurachek. A maioria do restante dos titulares ainda é mais inexperiente e ainda não pode ir para o draft ou teria mais chances se ficasse mais um ano em Huntington.

🔮 Previsão

Bassi Henrique João Vitor Kelvin Matheus Nick Vitor Weinny
               

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também