Minnesota e Wisconsin – A rivalidade que perdeu o troféu mais sensacional da história

Browse By

Minnesota e Wisconsin é a rivalidade do FBS com o maior número de partidas disputadas, 126, e a maior sequência ininterrupta de jogos, com confrontos anuais desde 1907. Hoje, Gophers e Badgers brigam pelo Paul Bunyan’s Axe – o machado de um lenhador popular no folclore americano –, mas o clássico já valeu um troféu ainda melhor, que foi perdido e deu lugar ao atual.

Nome: Não existe
Troféu:
 Paul Bunyan’s Axe desde 1948, Slab of Bacon de 1930 a 1943
Histórico: Série empatada com 59 vitórias para cada lado e 8 empates
Último encontro: Minnesota 17, Wisconsin 31 (2016)

Data e Horário: Sábado, 25 de novembro, às 18h30 (horário de Brasília)
Onde: TCF Bank Stadium – Minneapolis, Minnesota
Linha de Vegas: -17, Wisconsin

Em 1930, um doutor de Minnesota chamado RB Fouch criou uma peça de madeira com uma letra no meio, que seria um M ou um W dependendo da perspectiva, pintada com as cores dos times e com a inscrição BACON dos dois lados. Foi assim que surgiu o Slab of Bacon, basicamente a tábua de bacon. Deve ter sido legal para os jogadores vencedores daquela época falar que levaram o bacon para casa.

O Slab of Bacon em exibição no Camp Randall, estádio de Wisconsin.

O troféu foi passado para o vencedor por todo ano até 1942, mas depois da vitória de Minnesota em 1943, um estudante de Wisconsin tentou entregar a tábua a um representante da torcida dos Gophers, mas em meio a toda a confusão após a invasão de campo, ele acabou perdendo o prêmio.

De acordo com relatos da época, o troféu até foi recuperado durante a confusão e enviado ao vestiário dos Gophers, mas o técnico George Hauser preferiu não o aceitar em respeito à Segunda Guerra Mundial.

Cinco anos depois, uma organização de estudantes de Wisconsin resolveu criar um novo troféu para a rivalidade, já que ninguém sabia do paradeiro da tábua de bacon, e aí surgiu o machado de Paul Bunyan. Curiosamente, o troféu original foi mandado ao Hall da Fama do College Football em 2003 e substituído por causa de falta de espaço.

LEIA TAMBÉM:  Baker Mayfield, Bryce Love ou Lamar Jackson - Quem deve ganhar o Heisman?

O Slab of Bacon foi encontrado em 1994 enquanto um estagiário fazia uma busca em espaços do Camp Randall Stadium que os Badgers usavam como arquivo. Curiosamente, por mais que o troféu tenha ficado perdido por mais de 50 anos, ele tinha resultados de jogos até os anos 70 gravados em seu verso. Hoje, o troféu é mostrado em uma área do estádio.

E em 2017?

Depois de 126 jogos, a rivalidade está empatada, com 59 vitórias para cada lado e oito empates. Mas a partida deste sábado vale muito mais que só a liderança, já que é fundamental que Wisconsin vença para continuar na luta por uma vaga nos playoffs e Minnesota poderia garantir a disputa de um bowl com um triunfo.

Os Badgers chegam muito bem ao jogo depois de vencer Michigan com mais uma atuação sensacional de sua defesa, a melhor do país de acordo com o S&P+ de Bill Connelly, tendo como maiores virtudes a eficiência e a finalização de campanhas. E a vitória contra os Wolverines ainda teve o tão questionado quarterback Alex Hornibrook aparecendo muito bem, com passes precisos em momentos importantes.

Minnesota vem de um momento confuso. Após atropelar Nebraska com 409 jardas e seis touchdowns terrestres em 45 corridas – uma média sensacional de 9,1 jardas por oportunidade sem tirar os sacks –, os Gophers tomaram de 39 a 0 contra Northwestern sem passar das 200 jardas totais e vendo o quarterback Demry Croft terminar com 43 jardas aéreas e três interceptações.

Tudo aponta para uma vitória de Wisconsin, mesmo jogando fora de casa, mas sendo rivalidade não dá para garantir que não aconteça uma coisa maluca em Minneapolis.

Comentários

comments

4 thoughts on “Minnesota e Wisconsin – A rivalidade que perdeu o troféu mais sensacional da história”

  1. Rodrigo Fernando says:

    Pessoal, tudo bem, gostaria de dizer que adoro o site de vcs, curto a um bom tempo, e foi com as análises do Matheus que conheci e aprendi a gostar de College Football, no extinto site Extratime. Só sinto falta do posdcast de vcs, não vamos mais ter este ano? Abraços e parabéns pelo trabalho de vcs

    1. Matheus Ribeiro says:

      Opa, Fernando! Agradeço bastante pelas palavras. Era uma época bem legal lá no ET e agora é muito bom aqui no TF.
      Sobre o podcast, ele ficou um tempo de molho por causa de uns problemas, maaaaas… a edição desta semana já está disponível no Soundcloud (https://soundcloud.com/user-915587874/esquenta-semana-13-da-temporada-2017). Abraço!

      1. Rodrigo Fernando says:

        Sim, eu ouvi, muito bom!!! Ainda bem que voltou, parabéns pelo trabalho que vem sendo feito por todos do The Fraternity, continuem com esse trabalho, e muito sucesso a todos!!! Pena que os times que torço não chegaram vão chegar ao CFP(Penn State e Ole Miss, esse nem se fala), mas mas vamos torcer para o bolws (nem sei se Ole Miss vai participar de um, heheheh)…

  2. Belck Rodrigues says:

    comecei a acompanhar o College esse ano e é sempre bom saber mais sobre a história dos times.Parabéns pelo trabalho! #OnWisconsin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também